7º Seminário de Gestores e Trabalhadores da Política da Assistência Social discute os 10 anos do SUAS no Brasil

Cerca de 400 pessoas participam em Piratuba, do 7º Seminário Estadual de Gestores e Trabalhadores da Política de Assistência Social, promovido pela Federação Catarinense dos Municípios – FECAM e pela Associação dos Municípios do Alto Uruguai Catarinense – AMAUC. O evento tem apoio das Associações de Municípios de Santa Catarina, do Conselho Regional de Psicologia, do Conselho Estadual de Gestores Municipais de Assistência Social – Coegemas e do Conselho Estadual de Assistência Social – CEAS.

Ao todo são 115 municípios representados e 20 Associações de Municípios que participam do evento. O tema principal é a implantação do Sistema Único de Assistência Social no Brasil, o SUAS.

Todas as atividades estão sendo realizadas no Centro de Eventos do município. A abertura oficial aconteceu no final da tarde desta quarta-feira (11) e os trabalhos seguem até a sexta-feira (13). “Temos uma programação extensa e que vai discutir a situação do SUAS. Pontos positivos, negativos, os avanços que o sistema proporcionou nestes 10 anos”, explica a assistente social da FECAM, Janice Merigo. “Com o SUAS conseguimos mudar o olhar paternalista e assistencialista que se tinha em relação às atividades da Assistência Social e isso trouxe benefícios aos profissionais e à população. Então, é importante discutir, avaliar e planejar o futuro, pois estamos em um momento histórico na política e na economia do país e não podemos retroceder”, ressalta Merigo.

Além da análise dos 10 anos do SUAS, a programação conta com discussões em relação a “Serviços e Benefícios”, financiamento da política de Assistência Social, implantação do programa Estadual de Educação Permanente do SUAS, trabalho social com famílias e proteção social. Os participantes ainda terão espaço para troca de experiência entre os municípios.

COEGEMAS – Aproveitando o Seminário, os integrantes do Colegiado Estadual de Gestores Municipais de Assistência Social – Coegemas, realizaram o 3º Encontro Estadual, ainda na quarta-feira. Eles elaboraram uma carta que será apresentada aos candidatos a prefeito dos municípios catarinenses, com um termo de compromisso em relação às propostas elaboradas. Dentre elas, está a criação de uma lei que destine no mínimo 5% do orçamento municipal para a política de Assistência Social.

* Com informações de Cristiano Mortari – Assessoria de Imprensa – Prefeitura Piratuba

Fotos de: Cristiano Mortari

Leticia Póvoas
Assessora de Comunicação
Federação Catarinense de Municípios – FECAM
www.fecam.org.br
imprensa@fecam.org.br
(048) 3221 8800 / 9900 3390

REDE ASSOCIADA


PARCERIAS


© 2007 - 2021 Escola de Gestão Pública Municipal. CNPJ 08.940.383/0001-90. Todos os Direitos Reservados.